Controladoria Pública e Controle Social: análise sobre os mecanismos de combate à Corrupção no Brasil

  • Mayla Cristina Cristina Costa
  • Simone Bernardes Voese
  • Márcia Maria dos Santos Bortolocci Espejo

Resumo

A corrupção é um fenômeno presente em maior ou menor grau em todos os países do mundo. No debate das sucessivas ocorrências de práticas corruptas no Brasil, contrapõe-se a indisfarçável ineficácia dos organismos de controle criados justamente com o objetivo de combatê-las. Nesses casos, a ênfase deve ser ao exercício do controle social, que está diretamente relacionado com o exercício da cidadania. Dessa forma, este artigo teve como objetivo discutir as formas de controle social informal, bem como os controles formais para o combate à corrupção no Brasil. A participação da sociedade civil organizada é uma medida relevante no combate à corrupção, mas não apresenta efeito satisfatório se tomada isoladamente, sendo necessária maior transparência, disclosure das informações e responsabilidade social por parte da controladoria pública. Quando diversos aspectos são avaliados em conjunto para o combate à corrupção, novas possibilidades surgem permeando uma mudança cultural na burocracia estatal, assumindo como objetivo um aprofundamento da cidadania e um permanente diálogo com a sociedade civil.Errata: Onde se lê Lei n.º 8.429, de 1993 (Lei de Licitações e Contratos)...), página 90, segundo parágrafo na quinta linha, leia-se: Lei n.º 8.429, de 2/6/1992.

Biografia do Autor

Mayla Cristina Cristina Costa
Economista, graduada pela Universidade Federal de Viçosa (2001), mestre em Controladoria e Contabilidade Universidade de São Paulo (2004). É professora assistente do Departamento de Contabilidade da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e professora do Centro Universitário Franciscano do Paraná (UNIFAE). Atua, também em auditoria e consultoria contábil.
Simone Bernardes Voese
Graduada em Ciências Contábeis pela Universidade do Vale do Itajaí (1996), mestre (1999) e doutora (2006) em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina. Atua como professora adjunta do Departamento de Contabilidade na Universidade Federal do Paraná (UFPR) e, também, como professora e pesquisadora do Mestrado em Contabilidade (UFPR).
Márcia Maria dos Santos Bortolocci Espejo
Graduada em Administração pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) (1997), mestre em Administração pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) (2004) e doutora em Contabilidade e Controladoria pela FEA/USP (2008). Atua como professora adjunta do Departamento de Contabilidade na Universidade Federal do Paraná (UFPR) e, também, como professora e pesquisadora do Mestrado em Contabilidade (UFPR).
Publicado
2012-03-30
Como Citar
CRISTINA COSTA, Mayla Cristina; VOESE, Simone Bernardes; ESPEJO, Márcia Maria dos Santos Bortolocci. Controladoria Pública e Controle Social: análise sobre os mecanismos de combate à Corrupção no Brasil. Revista Brasileira de Contabilidade, [S.l.], n. 175, p. 82-97, mar. 2012. ISSN 2526-8414. Disponível em: <http://rbc.cfc.org.br/index.php/rbc/article/view/839>. Acesso em: 22 out. 2019.

Artigos mais lidos do mesmo autor

Obs.: Este plugin requer ao menos um plugin ou relatório de estatísticas para funcionar. Se seus plugins de estatísticas trabalham com mais de uma métrica, por favor selecione uma métrica principal na página de configuração disponível no painel do Administrador e/ou do Gerente do portal.