Alguns aspectos da Alavancagem Operacional como Instrumento de Controle

  • George S. Guerra Leone
  • Rodrigo José Guerra Leone

Resumo

Este ensaio está sendo apresentado com dois objetivos. O primeiro tentará definir, com muita clareza, o seu objeto. Para tanto, vamos mostrar as suas limitações significativas, as quais vicejam no campo das conhecidas relações custo/volume/lucro. O segundo vai se preocupar em tratar o objeto do modo mais didático que seja possível. As relações custo/volume/lucro, apesar de seu grande apelo quantitativo, não só estão “coalhadas” de significativas limitações como são de difícil determinação na prática. Apesar de tudo, o estudo das relações custo/volume/lucro continua sendo um dos “carros-chefes” das obras que tratam da Contabilidade Gerencial ou da Contabilidade de Custos. Por quê? Porque elas favorecem a feitura de um retrato muito claro das dezenas de variáveis que envolvem as atividades, sobretudo de natureza industrial, até mesmo com as grandes mudanças de toda a ordem ocorridas, nesse ramo da economia, de alguns anos a esta parte.

Biografia do Autor

George S. Guerra Leone
É Contador, doutor em Ciências Contábeis e professor.
Rodrigo José Guerra Leone
É Matemático e doutorando em Engenharia de Sistemas e Computação.
Publicado
2011-08-31
Como Citar
LEONE, George S. Guerra; LEONE, Rodrigo José Guerra. Alguns aspectos da Alavancagem Operacional como Instrumento de Controle. Revista Brasileira de Contabilidade, [S.l.], n. 133, p. 36-45, ago. 2011. ISSN 2526-8414. Disponível em: <http://rbc.cfc.org.br/index.php/rbc/article/view/399>. Acesso em: 16 jun. 2019.

Artigos mais lidos do mesmo autor

Obs.: Este plugin requer ao menos um plugin ou relatório de estatísticas para funcionar. Se seus plugins de estatísticas trabalham com mais de uma métrica, por favor selecione uma métrica principal na página de configuração disponível no painel do Administrador e/ou do Gerente do portal.