Machado de Assis e a importância do passado para o presente e o futuro da profissão

  • Maristela Girotto

Resumo

Antes de lançar, em 1908, o primeiro modelo “T” da Ford, o engenheiro Henry Ford passou cerca de 15 anos testando carruagens sem cavalos e algumas máquinas. Foi necessário muito tempo de pesquisa, trabalho e adaptação para se chegar ao veículo motorizado que revolucionou a indústria na época. Ano após ano, uma descoberta puxa outra, constituindo-se a evolução um processo ininterrupto, e a história se encarrega de conectar os fatos ao seu tempo, o passado e o seu legado ao presente.
Por Maristela Girotto
Publicado
2019-05-03
Como Citar
GIROTTO, Maristela. Machado de Assis e a importância do passado para o presente e o futuro da profissão. Revista Brasileira de Contabilidade, [S.l.], v. 2, n. 236, p. 4-7, maio 2019. ISSN 2526-8414. Disponível em: <http://rbc.cfc.org.br/index.php/rbc/article/view/1834>. Acesso em: 18 out. 2019.

Artigos mais lidos do mesmo autor

Obs.: Este plugin requer ao menos um plugin ou relatório de estatísticas para funcionar. Se seus plugins de estatísticas trabalham com mais de uma métrica, por favor selecione uma métrica principal na página de configuração disponível no painel do Administrador e/ou do Gerente do portal.