O rodízio de auditores independentes e o gerenciamento de resultados em instituições bancárias: uma análise Econométrica de 1997 a 2013

  • Monara Reis Silva Brandão Conselho Federal de Contabilidade
  • Leandro Lima Resende Conselho Federal de Contabilidade
  • Luiz Kennedy Cruz Machado Conselho Federal de Contabilidade

Resumo

A implantação do rodízio de auditores independentes teve como intuito a preservação da independência do auditor externo, como também a diminuição das fraudes e erros contábeis das demonstrações financeiras. Dessa forma, este estudo tem como objetivo analisar se o rodízio de auditores independentes interfere no gerenciamento de resultados contábeis em instituições bancárias do Brasil, que tiveram rodízio das empresas de auditoria independente no período de 1997 a 2013. Após uma revisão de literatura sobre auditoria independente, rodízio de auditores independentes, gerenciamento de resultados e perda estimada para créditos de liquidação duvidosa, efetuou-se uma pesquisa descritiva com abordagem quantitativa com a aplicação do modelo de regressão linear múltipla de Fuji (2004). Utilizou-se dessa metodologia com o propósito de identificar o gerenciamento de resultado por meio da conta de perda estimada para crédito de liquidação duvidosa. As instituições utilizadas neste estudo foram dois bancos múltiplos, sendo o maior de economia mista em ativos totais e outro sendo o maior de capital privado. Os resultados evidenciam que no exercício em que existe a troca das empresas de auditoria independente o gerenciamento de resultado não é necessariamente amenizado em relação ao seu exercício anterior.
 

Biografia do Autor

Monara Reis Silva Brandão, Conselho Federal de Contabilidade
Aluna do curso de Ciências Econômicas com Ênfase em Controladoria da Universidade Federal de Alfenas (Unifal-MG) – Campus Varginha/ MG Monara: monara_ma@hotmail.com
Leandro Lima Resende, Conselho Federal de Contabilidade
Professor do Instituto de Ciências Sociais Aplicadas da Universidade Federal de Alfenas (Unifal-MG) – Campus Varginha (MG) Leandro: leandro.resende@unifal-mg.edu.br
Luiz Kennedy Cruz Machado, Conselho Federal de Contabilidade
Doutorando em Administração pela Universidade Federal de Lavras (Ufla) Luiz Kennedy: luizken@yahoo.com.br
Publicado
2018-11-05
Como Citar
BRANDÃO, Monara Reis Silva; RESENDE, Leandro Lima; MACHADO, Luiz Kennedy Cruz. O rodízio de auditores independentes e o gerenciamento de resultados em instituições bancárias: uma análise Econométrica de 1997 a 2013. Revista Brasileira de Contabilidade, [S.l.], n. 233, p. 12-23, nov. 2018. ISSN 2526-8414. Disponível em: <http://rbc.cfc.org.br/index.php/rbc/article/view/1748>. Acesso em: 19 nov. 2018.

Artigos mais lidos do mesmo autor

Obs.: Este plugin requer ao menos um plugin ou relatório de estatísticas para funcionar. Se seus plugins de estatísticas trabalham com mais de uma métrica, por favor selecione uma métrica principal na página de configuração disponível no painel do Administrador e/ou do Gerente do portal.