Gestão de riscos econômico-financeiros: uma abordagem para o setor de prestação de serviços contábeis

  • Diego Gonçalves Correa Conselho Federal de Contabilidade - CFC
  • Kadigia Faccin Conselho Federal de Contabilidade - CFC
  • Itacir Alves da Silva Conselho Federal de Contabilidade

Resumo

A presente pesquisa aborda a gestão de riscos econômico-financeiros para as empresas prestadoras de serviços contábeis em Caxias do Sul. Tem-se por objetivo  identificar estratégias que devem ser adotadas para a gestão de riscos para esse tipo de organização  e identificar quais fatores devem ser avaliados para proporcionar tal análise. A proposta está fundamentada em conceituar e avaliar riscos (BRITO, 2007 e WILK, 2007), classificá-los (BREALEY; MYERS, 2005 e JORION, 2003) e mensurar os seus elementos intrínsecos (MARSHALL, 2002 e SILVA, 2008). Em relação à metodologia, trata-se de uma pesquisa classificada em sua natureza como aplicada; quanto aos objetivos, como exploratória; quanto à abordagem, qualitativa; e, em relação aos procedimentos, trata-se de uma pesquisa-diagnóstico e proposição de plano. Entre os principais resultados, ressaltou-se a matriz de riscos, a identificação dos principais riscos percebidos, a avaliação de seus impactos, a mensuração das ações tomadas atualmente e a proposta de um conjunto de estratégias, que servem como um programa de gestão para esses resultados. Percebe-se, entre as lacunas, a falta de cultura das organizações, em relação aos resultados e à precariedade de gestão, que é a proposta deste trabalho. Assim, a pesquisa identifica quais são os principais riscos econômico-financeiros aos quais as empresas, objeto da pesquisa, estão  expostas e os principais impactos relacionados. Por fim, propõe uma matriz com estratégias a serem adotadas de acordo com a severidade e a frequência com que ocorrem, proporcionando o entendimento das possíveis ações de gestão de riscos. Dentre os principais resultados, ressalta-se que todos os riscos identificados são percebidos e a maioria deles é considerada frequente e severa frente ao negócio. Com isso, as ações são necessárias para a minimização dos impactos negativos.

Biografia do Autor

Diego Gonçalves Correa, Conselho Federal de Contabilidade - CFC
É bacharel em Ciências Contábeis e pós-graduado em Controladoria, Finanças e Auditoria pela Faculdade da Serra Gaúcha (FSG).E-mail: diego.correa@planejar.etc.br
Kadigia Faccin, Conselho Federal de Contabilidade - CFC
É professora colaboradora do Programa de Pós-Graduação em Administração (PPGA) da Universidade do Vale do Rio dos Sinos e doutora em Administração pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos) e em Ciências da Informação e da Comunicação pela Université de Poitiers (França). É mestre em Administração pela Universidade de Caxias do Sul (UCS) e bacharel em Ciências Econômicas pela Universidade de Caxias do Sul (UCS).E-mail: kadigia@gmail.com
Itacir Alves da Silva, Conselho Federal de Contabilidade
É mestre em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade de Caxias do Sul (UCS).E-mail: itacir.silva@fsg.br
Publicado
2017-01-09
Como Citar
CORREA, Diego Gonçalves; FACCIN, Kadigia; SILVA, Itacir Alves da. Gestão de riscos econômico-financeiros: uma abordagem para o setor de prestação de serviços contábeis. Revista Brasileira de Contabilidade, [S.l.], n. 222, p. 40-53, jan. 2017. ISSN 2526-8414. Disponível em: <http://rbc.cfc.org.br/index.php/rbc/article/view/1485>. Acesso em: 22 abr. 2019.

Artigos mais lidos do mesmo autor

Obs.: Este plugin requer ao menos um plugin ou relatório de estatísticas para funcionar. Se seus plugins de estatísticas trabalham com mais de uma métrica, por favor selecione uma métrica principal na página de configuração disponível no painel do Administrador e/ou do Gerente do portal.