Mulheres Contabilistas: expectativas e conquistas

  • Tamiris Leandro dos Santos Conselho Federal de Contabilidade - CFC
  • Émerson Nogueira Sales Conselho Federal de Contabilidade
  • Amanda Russo Chirotto Conselho Federal de Contabilidade

Resumo

A profissão contábil conta com a expressiva participação feminina (48%), o que confirma que as mulheres têm encontrado espaço para mostrar o seu potencial e seus resultados, participando ativamente das atribuições da classe contábil. Todavia, tal evolução não tem refletido, necessariamente, na remuneração média atribuída aos cargos contábeis por elas ocupados. Diante disso, a pesquisa visou identificar a percepção das mulheres contabilistas sobre as recompensas profissionais conquistadas na carreira e o confronto com as expectativas que tinham, bem como identificar possíveis reflexos na estrutura e formação familiar, por meio de uma pesquisa de campo com dados coletados de entrevistas semiestruturadas, aplicadas a dez profissionais da contabilidade, em uma amostra heterogênea, envolvendo três técnicas e sete contadoras, sendo sete delas com faixa etária acima de 30 anos, destacando uma com mais de 60 anos. Os dados foram analisados utilizando-se a escala Likert, o que permitiu  a comparação das percepções quanto à satisfação, graus de dificuldades, importância da carreira e suas conquistas, bem como a compreensão quanto à compensação total atingida. Os resultados mostram um cenário da profissão e da carreira, revelando o nível de contentamento em relação às recompensas, interligando a temas, como a vida familiar, o lazer e o relacionamento com os profissionais do gênero masculino. As entrevistadas atribuíram nota máxima para a importância da mulher contabilista no mercado, bem como a compensação pela escolha da profissão, o reconhecimento pelo mercado e o retorno financeiro. A percepção da existência de preconceito com as mulheres também permeou as respostas, mas sem tornar-se o ponto central. Os resultados também sugerem que a estrutura familiar das entrevistadas, pelo menos do ponto de vista mais convencional, como casamento e maternidade, pode ter sido influenciada pela busca de ascensão na carreira. 

Biografia do Autor

Tamiris Leandro dos Santos, Conselho Federal de Contabilidade - CFC
Especialista em Controladoria pela Fecap (SP) e bacharel em Ciências Contábeis.tamiris.leandro@yahoo.com.br
Émerson Nogueira Sales, Conselho Federal de Contabilidade
Mestre em Ciências Contábeis pela Fecap (SP), é Perito-Contador, especialista em Perícia Contábil pela Fecap (SP) e em Contabilidade e Finanças pela UFPR (PR). É bacharel em Ciências Contábeis, Coordenador, professor e orientador no Programa de Pós-Graduação da Fecap/SP, professor no Programa de Pós-Graduação da Unisal/Campinas (SP) e instrutor/palestrante credenciado pelo CRCSP para Perícia Contábil.emerson.sales@edu.fecap.br
Amanda Russo Chirotto, Conselho Federal de Contabilidade
Mestre em Ciências Contábeis pela Fecap (SP) e bacharel em Administração, atua como professora e orientadora no curso de Pós-Graduação lato sensu da Fecap (SP) e como professora no curso de Pós-Graduação lato sensu do Senac (SP).amanda.chirotto@fecap.br
Publicado
2016-07-11
Como Citar
DOS SANTOS, Tamiris Leandro; SALES, Émerson Nogueira; CHIROTTO, Amanda Russo. Mulheres Contabilistas: expectativas e conquistas. Revista Brasileira de Contabilidade, [S.l.], n. 219, p. 10-21, jul. 2016. ISSN 2526-8414. Disponível em: <http://rbc.cfc.org.br/index.php/rbc/article/view/1394>. Acesso em: 01 out. 2020.

Artigos mais lidos do mesmo autor

Obs.: Este plugin requer ao menos um plugin ou relatório de estatísticas para funcionar. Se seus plugins de estatísticas trabalham com mais de uma métrica, por favor selecione uma métrica principal na página de configuração disponível no painel do Administrador e/ou do Gerente do portal.