Evidenciação Contábil dos maiores clubes brasileiros segundo a Lei n.° 10.672/2003

  • José Porfírio de Oliveira Junior Conselho Federal de Contabilidade - CFC
  • Tiago de Moura Soeiro Conselho Federal de Contabilidade
  • João Gabriel Nascimento de Araújo Conselho Federal de Contabilidade
  • Rafael Becker Ferreira Rodrigues Conselho Federal de Contabilidade

Resumo

O objetivo do presente artigo foi verificar o nível da evidenciação contábil dos dez maiores clubes classificados no ranking da CBF, em conformidade com a Lei n.° 10.672/2003, e com as Normas Brasileiras de Contabilidade ITG 2003 e  T 10.13. Para tanto, utilizou-se do método de análise documental, descritiva, exploratória, dedutiva e qualitativa, optando-se pelos gráficos de disclosure apresentados por Rezende, Dalmácio e Salgado (2010), entre outras tabelas criadas a partir das leis que regem o desporto. Por meio da análise de dados, observou-se que, em 2010, quase todos os clubes já demonstravam seus jogadores como ativo imobilizado, conforme a NBC T 10.13, e os que melhor evidenciaram mostraram um melhor controle de suas finanças e um resultado operacional superior aos demais. Portanto, concluiu-se que os clubes que estão elaborando as suas demonstrações contábeis conforme a lei conseguem ter melhores resultados econômicos e, diferentemente da maioria com altos débitos, podem chegar a ter grandes resultados, dependendo de seu controle. 

Biografia do Autor

José Porfírio de Oliveira Junior, Conselho Federal de Contabilidade - CFC
Graduado em Ciências Contábeis pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Caruaru (Fafica) 
Tiago de Moura Soeiro, Conselho Federal de Contabilidade
Mestre em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) 
João Gabriel Nascimento de Araújo, Conselho Federal de Contabilidade
Mestre em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
Rafael Becker Ferreira Rodrigues, Conselho Federal de Contabilidade
Mestre em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) 
Publicado
2015-12-21
Como Citar
JUNIOR, José Porfírio de Oliveira et al. Evidenciação Contábil dos maiores clubes brasileiros segundo a Lei n.° 10.672/2003. Revista Brasileira de Contabilidade, [S.l.], n. 216, p. 54-63, dez. 2015. ISSN 2526-8414. Disponível em: <http://rbc.cfc.org.br/index.php/rbc/article/view/1333>. Acesso em: 19 abr. 2019.

Artigos mais lidos do mesmo autor

Obs.: Este plugin requer ao menos um plugin ou relatório de estatísticas para funcionar. Se seus plugins de estatísticas trabalham com mais de uma métrica, por favor selecione uma métrica principal na página de configuração disponível no painel do Administrador e/ou do Gerente do portal.