O perfil dos estudantes recém-ingressos no curso de Ciências Contábeis: uma análise à luz da teoria das Representações Sociais

  • Aline Rosário Santana Conselho Federal de Contabilidade - CFC
  • Juliano Almeida de Faria Conselho Federal de Contabilidade

Resumo

O quadro atual da profissão contábil no Brasil reflete diretamente no estereótipo da profissão no mercado em geral. Destaca-se, para fins deste estudo, a imagem que o estudante recém-ingresso absorve do mercado quanto à profissão de contador no Brasil, pois é com base nela que o estudante optará por realizar seu curso de graduação. A teoria das Representações Sociais (TRS) postula sobre um processo que modela e transforma o grupo social e, simultaneamente, como produto, resulta imagens, informações, opiniões e crenças. O objetivo desta pesquisa é conhecer os motivos que levaram à escolha pelo recém-ingresso do curso de Ciências Contábeis, sob as premissas da TRS. A pesquisa visa também averiguar qual é o estereótipo do contador na visão desses estudantes. Foi desenvolvida uma pesquisa descritiva, cuja coleta de dados foi feita por levantamento em instituições públicas de ensino superior e uso de questionário, pré-testado, com questões diretas e em escala Likert. Nos principais resultados, os estudantes autoafirmam-se que sabem trabalhar em grupo (67,86%); que são bem organizados (59,82%); e que possuem facilidade para resolver problemas (54,46%); sendo estas características inerentes à representação social do contador para a amostra. Acerca da representação social do profissional da contabilidade, destaca-se que sua formação facilita a aprovação em concursos públicos (54,46%); há diversidade no campo de atuação (51,78%); proporciona fácil acesso ao mercado de trabalho (50,89%); e mantém afinidade pelas disciplinas inerentes a finanças (48,21%).

Biografia do Autor

Aline Rosário Santana, Conselho Federal de Contabilidade - CFC
Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Estadual de Feira de Santana e mestranda em Contabilidade pela Universidade Federal da Bahia. Atua como consultora empresarial na área de gestão e na produção de pesquisa científica na área de Educação Contábil.
Juliano Almeida de Faria, Conselho Federal de Contabilidade
Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Estadual de Feira de Santana, possui especialização em Contabilidade Gerencial com ênfase em Controladoria, mestrado em Contabilidade pela UFBA e doutorando em Engenharia Industrial pela UFBA. Atua como professor do curso de Ciências Contábeis na Universidade Estadual de Feira de Santana, na Faculdade Anísio Teixeira e também como consultor empresarial.
Publicado
2015-11-10
Como Citar
SANTANA, Aline Rosário; DE FARIA, Juliano Almeida. O perfil dos estudantes recém-ingressos no curso de Ciências Contábeis: uma análise à luz da teoria das Representações Sociais. Revista Brasileira de Contabilidade, [S.l.], n. 215, p. 54-67, nov. 2015. ISSN 2526-8414. Disponível em: <http://rbc.cfc.org.br/index.php/rbc/article/view/1310>. Acesso em: 07 dez. 2021.

Artigos mais lidos do mesmo autor

Obs.: Este plugin requer ao menos um plugin ou relatório de estatísticas para funcionar. Se seus plugins de estatísticas trabalham com mais de uma métrica, por favor selecione uma métrica principal na página de configuração disponível no painel do Administrador e/ou do Gerente do portal.