Análise descritiva da regionalização do gasto com pessoal nos executivos municipais gaúchos

  • Mario Alex Pedersen

Resumo

A Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) tornou obrigatório o acompanhamento do gasto com pessoal nas três esferas de Governo. Dentro dessa abordagem, o objetivo deste estudo foi o de regionalizar o gasto com pessoal nos executivos municipais gaúchos, no período administrativo de 2005 a 2008. A metodologia é caracterizada como uma pesquisa aplicada, de natureza descritiva e exploratória, por meio da abordagem qualitativa. Os dados foram extraídos de portais oficiais, como o Tribunal de Contas do RS e IBGE. Os resultados apresentam que, em termos médios, quanto maior a população, de acordo com os grupos de municípios, maior é o gasto com pessoal. Porém, municípios com menor porte populacional gastam, com o quadro de pessoal, o equivalente a municípios com população superior a 100 mil habitantes. Foi possível identificar que o período eleitoral exerceu forte influência na gestão pública gaúcha, pois, em 44% dos municípios gaúchos, o gasto com pessoal apresentou elevação nesse período, além da maior destinação de recursos para os investimentos (obras). Infere-se, portanto, que os gestores desses municípios não respeitaram o princípio da impessoalidade. Destaca-se a iniciativa de regular um complemento à LRF para qualificar o gasto público. Por fim, assinala-se que nem sempre há escassez de recursos financeiros, o que falta é gestão.

##submission.authorBiography##

Mario Alex Pedersen
Mestre em Ciências Contábeis pela Unisinos – RS. Especialista em Gestão de Tributos e Planejamento Tributário Estratégico pela PUC RS. Docente nos cursos de Ciências Contábeis e técnico em contabilidade.
Publicado
2014-03-06
Como Citar
PEDERSEN, Mario Alex. Análise descritiva da regionalização do gasto com pessoal nos executivos municipais gaúchos. Revista Brasileira de Contabilidade, [S.l.], n. 205, p. 30-45, mar. 2014. ISSN 2526-8414. Disponível em: <http://rbc.cfc.org.br/index.php/rbc/article/view/1120>. Acesso em: 07 dez. 2021.

Artigos mais lidos do mesmo autor

Obs.: Este plugin requer ao menos um plugin ou relatório de estatísticas para funcionar. Se seus plugins de estatísticas trabalham com mais de uma métrica, por favor selecione uma métrica principal na página de configuração disponível no painel do Administrador e/ou do Gerente do portal.