A Contabilidade Ambiental como garantia de responsabilidade ambiental: o caso do passivo ambiental

  • Solange Rodrigues dos Santos-Corrêa
  • Rodrigo dos Santos Mota
  • Lino Arnulfo Vieira Cintra
  • Danilo Moreira Jabur
  • Katianny Santana Gomes Estival

Resumo

A Ciência Contábil, assim como as demais ciências, tem a função de empreender esforços em favor do meio ambiente, evidenciando em seus relatórios a poluição, as agressões à natureza e, por conseguinte, defenderá a vida humana. A Contabilidade é uma ciência social aplicada e tem como objeto de estudo o patrimônio de qualquer entidade. As entidades se compõem de bens e pessoas, sendo um sistema social. A exploração desordenada dos recursos naturais do planeta tem suas origens nas ações empresariais, as quais se voltavam sempre para o lucro financeiro. A Contabilidade é a ciência que trabalha com os cálculos e registros dos patrimônios organizacionais, assumindo na atualidade a função de identificar as relações que se estreitam com os assuntos ambientais, envolvendo aspectos econômico-financeiros das entidades. No presente artigo, tem-se como objetivo analisar o papel da contabilidade ambiental na evidenciação da responsabilidade ambiental-empresarial das organizações. Esse estudo foi realizado por meio da pesquisa bibliográfica. A sustentabilidade ambiental é uma exigência da sociedade. Assim, espera-se que mais pesquisas sejam realizadas para desenvolver métodos para melhor evidenciar as relações da empresa com o meio ambiente e a sociedade. Nesse contexto, a contabilidade, enquanto método sistemático de cálculos e demonstrações financeiras, não poderia restringir-se a mensurar quantitativamente somente os lucros e o patrimônio da empresa, devendo demonstrar de maneira clara as informações relativas ao meio ambiente.

Biografia do Autor

Solange Rodrigues dos Santos-Corrêa
Doutoranda em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade, no Programa de Pós-Graduação de Ciências Sociais da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro e Professora do Departamento de Ciências Administrativas e Contábeis da Universidade Estadual de Santa Cruz.
Rodrigo dos Santos Mota
Bolsista do Instituto Rio Branco, Ministério das Relações Exteriores. Bacharel em Línguas Estrangeiras Aplicadas às Negociações Internacionais pela Universidade Estadual de Santa Cruz e Licenciado em Letras Vernáculas pela Universidade do Estado da Bahia.
Lino Arnulfo Vieira Cintra
Mestre em Contabilidade e Professor do Departamento de Ciências Administrativas e Contábeis da Universidade Estadual de Santa Cruz.
Danilo Moreira Jabur
Especialista em Contabilidade e Professor do Departamento de Ciências Administrativas e Contábeis da Universidade Estadual de Santa Cruz.
Katianny Santana Gomes Estival
Doutoranda em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade, no Programa de Pós-Graduação de Ciências Sociais da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro e Professora do Departamento de Ciências Administrativas e Contábeis da Universidade Estadual de Santa Cruz.
Publicado
2013-07-01
Como Citar
SANTOS-CORRÊA, Solange Rodrigues dos et al. A Contabilidade Ambiental como garantia de responsabilidade ambiental: o caso do passivo ambiental. Revista Brasileira de Contabilidade, [S.l.], n. 200, p. 36-49, jul. 2013. ISSN 2526-8414. Disponível em: <http://rbc.cfc.org.br/index.php/rbc/article/view/1053>. Acesso em: 21 fev. 2020.

Artigos mais lidos do mesmo autor

Obs.: Este plugin requer ao menos um plugin ou relatório de estatísticas para funcionar. Se seus plugins de estatísticas trabalham com mais de uma métrica, por favor selecione uma métrica principal na página de configuração disponível no painel do Administrador e/ou do Gerente do portal.